Segurança cibernética, Chrome ainda está sob ataque. Como se proteger

Quem sou
Pau Monfort
@paumonfort

Um novo malwares põe em perigo os dados de milhões de usuários. Alguns pesquisadores, especialistas em segurança cibernética, descobriram uma nova tentativa de phishing no Chrome que ataca ao fazer com que as vítimas baixem uma fonte ausente para o navegador Google.

Depois de baixado, os cibercriminosos instalam um software malicioso que permite que os hackers coloquem as mãos nos dados pessoais dos usuários. Como aconteceu antes, o sistema é tão sofisticado que reproduz quase fielmente as janelas do Chrome. Isso, infelizmente, aumenta o risco de um usuário descuidado cair na armadilha do hacker astuto. Para encontrar este novo malware - cuja origem ainda permanece envolta em mistério - estiveram os especialistas da NeoSmart Technologies, uma empresa especializada em soluções de segurança cibernética. O vírus foi encontrado em um site WordPress já comprometido.



Como o malware afeta

A nova tentativa de hacking, como antecipado, abre um pop-up pedindo aos usuários para "consertar" o navegador adicionando uma fonte ausente. A página da web parece ter, de fato, alguns problemas com o texto. Nesse ponto, se o usuário distraído clicar no botão azul, um arquivo é baixado para o PC que, como normalmente acontece, é depositado na parte inferior da tela. A vítima ainda não foi infectada, pois o programa malicioso precisa ser instalado no pc para acertar. Porém, se o usuário decidir seguir as instruções do vírus e continuar com a instalação, o malware penetra no sistema e nesse ponto o jogo dos hackers está terminado.

Difícil de detectar

Como mencionado, a mensagem à primeira vista parece confiável: o fundo e as cores são quase idênticos aos do Big G. No pop-up há até o logotipo do Chrome. Para piorar a situação, também é difícil para o antivírus encontrar malware. De acordo com os pesquisadores, o arquivo malicioso só foi classificado como malicioso por 9 de 59 softwares. Embora o perigo do vírus ainda não seja conhecido, é bom ter um cuidado especial.



O que fazer para se proteger

O que fazer para se proteger? O primeiro truque a colocar em prática é tentar evitar clicar em janelas, aparentemente confiáveis, que nos solicitam o download de arquivos. Lembre-se também de que é muito importante manter seus navegadores atualizados e ter um bom antivírus.

Como se defender contra ataques de hackers

Ao clicar nos links a seguir, no entanto, você poderá descobrir dicas, umas mais técnicas outras mais ao alcance de todos, sobre segurança informática e descobrir os tipos de ataques mais comuns: desde ataques DDoS a phishing, passando por botnets.

  • Proteja a privacidade e os dados pessoais, conselhos de especialistas
  • Seis dicas para proteger sua pequena ou média empresa
  • Dez dicas para evitar cair na armadilha de um e-mail de phishing
  • Como proteger seu e-mail com Senha Segura: o que é e como funciona
  • Salvando-se de hackers: 5 erros que você não deve cometer
  • Alerta de vírus, trojan e ransomware, o guia para se defender
  • O que são ransomware e como ele se espalha?
  • Perigo de ransomware: como se defender com boas práticas e antivírus
  • Dilema do ransomware: o “vírus de resgate” pode ser interrompido?
  • Ataque de ransomware: pequenas e médias empresas em perigo
  • O que são ataques DDoS, como surgem e como se defender
  • O que é phishing? Um golpe perigoso: veja como não morder a isca
  • Privacidade online: veja como proteger nossos dados pessoais
  • Como criar uma senha forte para proteger sua identidade online
  • Diga adeus ao roubo de senha, aqui está a verificação em duas etapas
  • Os melhores gerenciadores de senhas para proteger seus dados
Segurança cibernética, Chrome ainda está sob ataque. Como se proteger

Áudio vídeo Segurança cibernética, Chrome ainda está sob ataque. Como se proteger
Adicione um comentário do Segurança cibernética, Chrome ainda está sob ataque. Como se proteger
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.