close
    search Buscar

    O Chrome melhora as videochamadas com uma atualização

    Quem sou
    Valery Aloyants
    @valeryaloyants

    Comentários sobre o item:


    Entre o atualizações di Google Chrome que deve chegar com as próximas versões estáveis, ou seja, aquelas destinadas a todos os usuários e não apenas testadores beta, pode haver suporte útil para chamadas de vídeo, mesmo se feito com conexões de baixo desempenho. Isto é o Codec AV1 e já está presente na versão 90 beta do navegador Google, atualmente em teste.



    Poucos dias após a última versão estável do navegador para desktop, agora em versão 89, O Google deu início ao ensaio geral do beta atual, mais uma vez visando o melhoria de desempenho. Como os mais atentos já devem ter percebido pelo changelog, também desta vez a escolha do Mountain View recaiu sobre a inclusão no pacote - já disponível para download através do Play Store o APK Mirror - alguns novos recursos, concentrando todos os esforços no velocidade de execução de operações e emeficiência do componente integrado nos lançamentos dos últimos meses.

    Codec do Google Chrome e AV1, o que muda

    AV1 é o codec de vídeo gratuito e de código aberto que substituiu o antigo H.264 / AVC em serviços de streaming. De acordo com os próprios desenvolvedores, em comparação com seu antecessor e outros padrões de compressão, como H.265 e VP9, ​​o AV1 seria capaz de oferecer um melhor eficiência de compressão além de manter melhor qualidade de imagem, apesar do tamanho menor dos arquivos codificados neste formato.

    O ponto focal de uso, no entanto, é aquele relacionado a aplicativos de videoconferência baseado na estrutura WebRTC, como Google Meet ou Facebook Messenger. Através do uso deste codec, os usuários poderão contar com uma capacidade de compressão melhorada em comparação com um menos uso de largura de banda em comparação com o passado. Conforme afirmado pelo próprio Google, as melhorias trazidas pelo AV1 permitirão que você faça chamadas de vídeo mesmo usando conexões com velocidade de até 30 Kbps.



    AV1: codificador e decodificador

    AV1 não é uma novidade absoluta para o Chrome: o Google o incluiu na versão desktop de seu navegador a partir de Liberar 70 datando de cerca de dois anos atrás. Na época, porém, o Google incluía apenas o “decodificador”, ou seja, o software usado para reproduzir os vídeos codificados em AV1 (por exemplo, vídeos do YouTube em 4K).

    A novidade que chegará em breve, porém, é a presença no Chrome de um "codificador", que é o software que serve para compactar nossos vídeos com o padrão AV1. Graças a ele, portanto, poderemos transmitir muito mais vídeos compactados, portanto também com conexões de baixo desempenho.


    Já existem dois softwares de videoconferência e videochamada que suportam codificação e decodificação AV1: Google Conheça e Google Duo. Como para Androidem vez disso, apenas Duo já integrou o AV1, embora nos planos do Big G haja a ideia de adicioná-lo em breve a outros produtos, como Conheça, foto, TV e estádio.


    A implementação de um codificador AV1 dentro do Chrome (e conseqüentemente também dentro do Edge e todos os outros navegadores de código aberto baseados no Chromium) permitirá muito mais aplicativo de videoconferência explorar este padrão de forma bidirecional: tanto no envio quanto no recebimento do fluxo de vídeo.

    O Chrome melhora as videochamadas com uma atualização

    Áudio vídeo O Chrome melhora as videochamadas com uma atualização
    Adicione um comentário do O Chrome melhora as videochamadas com uma atualização
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.