Como melhorar a segurança do Google Chrome

Quem sou
Aina Martin
@ainamartin

Sempre que navegamos na Internet nossa segurança está em risco. A rede representa, de fato, um problema constante para o política de privacidade, para nossas contas bancárias e também para informações comerciais. Por esta razão, se usarmos o Navegador Google, Chrome, devemos tomar alguns cuidados.

Google Chorme, Microsoft Edge ou Mozilla Firefox todos são navegadores confiáveis, tentando proteger os usuários. Mas a verdadeira diferença é o próprio usuário fazendo isso. Quanto mais cuidadosos formos, menor será a probabilidade de acabarmos nas mãos de um criminoso cibernético. Para manter seus dados seguros, basta alterar algumas configurações do navegador. Por exemplo, se usarmos o Google Chrome, a primeira configuração a ser alterada imediatamente é a sincronização de senhas e histórico. Dessa forma, será mais difícil para os bandidos roubar nossas credenciais. Veja como tornar o Google Chrome mais seguro.



Remover sincronização

A primeira dica é evite sincronizar no Google Chrome. Através desta função, o navegador Mountain View salva todas as informações em nossa conta e, em seguida, encontra-as novamente se alterarmos o dispositivo. Na prática, tanto que fazemos pesquisas online no computador como no smartphone vamos sincronizar o mesmo histórico, as mesmas senhas e os mesmos cookies.

Certamente, esta função é conveniente e nos permite retomar instantaneamente uma operação iniciada na área de trabalho, mesmo a partir de um dispositivo móvel. Mas nossa segurança sofre. Para desativá-lo, basta abrir o Chrome, ir ao menu (o ícone com três pontos verticais) e clicar na seção Configurações. Então, vamos procurar o configurações de sincronização avançadas e escolhemos o que queremos sincronizar com nossos dispositivos. Por exemplo, se quisermos excluir a sincronização do histórico, basta remover a marca de seleção.



Configurações avançadas

Então, existem alguns pequenos truques que podemos ativar rapidamente e que irão aumentar nossa privacidade. Primeiro, abrimos o menu do Chrome e vamos para a seção Configurações avançadas. No parte dedicada a Cookies devemos escolher salvar os dados locais apenas até que o navegador seja fechado. Isso significa que sempre que fechamos o Chrome, o cache é limpo. E então é importante não permite que nenhum site execute JavaScript. Em vez disso, sob o título Plug-in, selecionamos a opção "permita-me escolher quando executar o conteúdo do plug-in". Quanto à Localização, que encontramos em Privacidade e Segurança, escolhemos as palavras "Não permitir que nenhum site rastreie minha localização física".


Seção Privacidade e navegação em incógnito

Sempre no menu do Google colocamos o cheque, na seção Privacidade, em "Proteja seu dispositivo de sites perigosos" e "Envie uma solicitação de Não Rastrear com seu tráfego de navegação". Para quem quer proteger mais a sua privacidade sempre há navegação anônima. Mesmo com a navegação anônima, tanto nosso provedor de conexão quanto os sites que visitamos ainda conseguirão rastrear nossa passagem.


Como melhorar a segurança do Google Chrome

Áudio vídeo Como melhorar a segurança do Google Chrome
Adicione um comentário do Como melhorar a segurança do Google Chrome
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.